MENSAGENS PARA A GERAÇÃO DOS ÚLTIMOS DIAS

Veja ao Lado Blogs que Recomendo

TEOLOGIA DA PROSPERIDADE E DA VITÓRIA FINANCEIRA: HERESIAS E HEREGES

********

(ARTIGO PUBLICADO NO BLOG DO PR. ALTAIR GERMANO. SE VOCÊ SE SENTE UM CRENTE CONSCIENTE E NÃO TEM A MENTE CAUTERIZADA PELO EVANGELHO DA PROSPERIDADE, ENTÃO ENVIE POR E-MAIL ESTE POST AO PR. SILAS MALAFAIA. SE PREFERIR, LEIA ESTE POST NO PRÓPRIO BLOG DO PASTOR ALTAIR, E NO FINAL, LEIA OS COMENTÁRIOS DE VÁRIOS PASTORES DO BRASIL, QUE APOIAM O PASTOR ALTAIR, E NÃO COADUNAM COM A FALSA TEOLOGIA DA PROSPERIDADE APREGOADA POR SILA MALAFAIA E SUA TURMA. ACESSE: http://www.altairgermano.com/2009/12/telogia-da-prosperidade-e-da-vitoria.html )

Tenho recebido comentários em alguns posts publicados no meu blog, que tratam da Teologia da Prosperidade e da Vitória Financeira, sugerindo-me que ore pelo pastor Silas Malafaia, em vez de criticá-lo. Algumas coisas preciso colocar:

1º) É claro que oro por ele. A Bíblia nos manda amar nossos inimigos (Mt 5.44), e nem meu inimigo ele é;

2º) A dimensão pública da divulgação da Bíblia de Estudo Batalha Espiritual e Vitória Financeira, e a vexatória campanha dos R$ 900,00, fundamentada numa suposta profecia que não se sustenta exegeticamente, exigem uma postura pública na mesma proporção (o que pelo blog não chego nem perto), tendo em vista a gravidade e os constrangimentos promovidos pelos fatos;

3º) O que a Bíblia de Estudo Batalha Espiritual e Vitória Financeira apresenta são heresias claras, princípios da Teologia da Prosperidade, como já refutei (leia AQUI), e até agora, ninguém apresentou uma réplica do ponto de vista bíblico;

4º) Chamo de heresias, pois o conceito de heresia é: “(do latim haerĕsis, por sua vez do grego αἵρεσις, “escolha” ou “opção”) é a doutrina ou linha de pensamento contrária ou diferente de um credo ou sistema de um ou mais credos religiosos que pressuponha(m) um sistema doutrinal organizado ou ortodoxo. [...] O termo heresia foi utilizado primeiramente pelos cristãos, para designar idéias contrárias à outras aceitas,[1] consideradas como “falsas doutrinas”. Foi utilizado especialmente pela Igreja Católica e as Igrejas Protestantes, estas argumentam que heresia é uma doutrina contrária à Verdade que teria sido revelada por Jesus Cristo, ou seja, eles acreditam ser uma “deturpação, distorção ou má-interpretação” da Bíblia, dos profetas e de Jesus Cristo. A própria Bíblia fala sobre a “aparição de heresias”, “idolatria, feitiçarias, inimizades, porfias, emulações, iras, pelejas, dissensões, heresias,” (Gálatas 5:20).” (Fonte: Wilkipédia);

5º) Em seu livro “Testemunhas de Jeová: comentário exegético e explicativo“, na pág. 31, o pastor Esequias Soares (atual presidente da Comissão de Apologética da CGADB), afirma o seguinte:

O apóstolo Paulo chama de hereges aqueles que teimam em seguir seus próprios pensamentos, contrariando os princípios básicos da fé cristã, e essas pessoas, o apóstolo recomenda, depois de duas admoestações devemos evitá-las (Tt 3.10)

Em seu outro livro “Heresias e Modismo: uma análise crítica das sutilezas de Satanás“, publicado em 2006 pela CPAD, o mesmo pastor, no capítulo 10, pág. 305, classifica a Teologia da Prosperidade da seguinte forma:

“A mensagem dos profetas da Prosperidade está centrada na saúde e na prosperidade, e não na salvação, sendo um desvio do verdadeiro evangelho de Cristo. O movimento Confissão Positiva não é denominação e nem seita, mas um movimento no seio das igrejas pentecostais e neopentecostais, que enfatiza o poder do crente em adquirir tudo o que quiser. É, também, conhecido como ‘Teologia da Prosperidade, Palavra da Fé’. Sua origem está no ocultismo, suas crenças e práticas, algumas vezes, são aberrações doutrinárias e outras heresias“.;

6º) A Bíblia de Estudo Pentecostal, publicada pela CPAD, em seu comentário de rodapé sobre Judas 3 diz:

A palavra ‘batalhar’ (gr. epagonizomai) descreve a luta que o crente fiel deve travar na defesa da fé. Significa, literalmente, ‘contender‘, ‘estar sob muita pressão’, ou ‘travar uma luta’. Devemos esforçar-nos ao máximo na defesa da Palavra de Deus e da fé segundo o NT, mesmo se isso nos for custoso e agonizante. Devemos negar-nos a nós mesmos e, se necessário for, sofrer o martírio em prol do evangelho (cf. 2 Tm 4.7). Batalhar pela fé significa tomar posição firme contra aqueles que, dentro da igreja visível, negam a autoridade da Bíblia ou distorcem a fé original anunciada por Cristo e pelos apóstolos;”

7º) No Mensageiro da Paz nº 1.494, de novembro/2009, nas pág. 4 e 5, foi publicado um artigo com o título “Teologia da Prosperidade: uma praga que invadiu o meio evangélico“.;

8º Dessa forma, chego às seguintes conclusões:

- A condição de vice-presidente da CGADB não outorga ao pastor Silas Malafaia o direito de disseminar heresias. Sim, estou acusando-o formalmente de herege pelos fatos aqui já citados e conhecidos;

- Como herege, ele não precisa apenas de oração, precisa também ser admoestado (vide citação do pastor Esequias Soares) e, as heresias e práticas que propaga necessitam ser combatidas (vide nota da Bíblia de Estudo Pentecostal);

- Fui informado de que não compete ao Conselho de Doutrina e à Comissão de Apologética da CGADB, nem ao seu Conselho de Ética, aplicarem advertência pessoal ou possíveis sanções aos hereges (cabe a quem?). Dessa forma, diante de minha consciência e de Deus, assim como Jesus, Paulo e os demais polemistas (Irineu, Clemente de Alexandria, Orígenes, Tertuliano e Cipriano) e apologistas (Jústino Mártir, Taciano, Atenágoras, Teófilo de Antioquia, Tertuliano, etc.) da história da igeja, continuarei denunciando as heresias e os hereges, combatendo-os e identificando-os pelo nome. Os polemistas dedicaram-se por responder ao desafio dos falsos ensinos dos heréticos, condenando veementemente esses ensinos e seus mestres (CAIRNS, 1988, p. 89):

mantendo fé e boa consciência, porquanto alguns, tendo rejeitado a boa consciência, vieram a naufragar na fé. E dentre esses se contam Himineu  e Alexandre, os quais entreguei a Satanás, para serem castigados, a fim de não mais blasfemarem.” (1 Tm 1.19-20)

Evita, igualmente, os falatórios inúteis e profanos, pois os que deles usam passarão a impiedade ainda maior. Além disso, a linguagem deles corrói como câncer; entre os quais se incluem Himineu e Fileto. Estes se desviaram da verdade, asseverando que a ressurreição já se realizou, e estão pervertendo a fé a alguns.” (2 Tm 2.16-18)

Tenho, porém, contra ti o tolerares que essa mulher, Jezabel, que a si mesma se declara profetisa, não somente ensine, mas ainda seduza os meus servos a praticarem a prostituição e a comerem coisas sacrificadas aos ídolos.” (Ap 2.20)

- Estou pronto, como vice-presidente do Conselho de Educação e Cultura da CGADB e relator do Conselho de Doutrina da UMADENE (União de Ministros das Assembléias de Deus no Nordeste), para em qualquer instância institucional sustentar minhas argumentações;

- Se conseguirem me convencer de que os posicionamentos da Bíblia de Estudo Batalha Espiritual e Vitória Financeira não se fundamentam nos princípios da Teologia da Prosperidade, assim como, também, algumas práticas observadas no Programa Vitória em Cristo, me retratarei publicamente;

- O espaço utilizado neste blog para estas denúncias, está aberto na mesma proporção para o pastor Silas Malafaia se defender, se assim entender que precisa e quiser.

“Como te roguei, quando parti para a Macedônia, que ficasse em Éfeso, para advertires a alguns que não ensinem outra doutrina [....]. (I Tim. 1:3).

REFERÊNCIAS

- Bíblia de Estudo Pentecostal. CPAD, 1995.
– Heresias e Modismos: uma análise crítica das sutilezas de Satanás. Esequias Soares. CPAD, 2006.
– Jornal Mensageiro da Paz. Ano 79, número 1.494, novembro de 2009. CPAD.
– O Cristinainismo Através dos Séculos: uma história da igreja. Earle Cairns. Vida Nova, 1988.
– Testemunhas de Jeová: comentário exegético e explicativo. Esequias Soares. Candeia, 1993.

**********

About these ads

29/12/2009 - Posted by | PROTESTOS | , ,

1 comentário »

  1. Os primeiros cristãos seguiam de uma forma muito literal os ensinos de Jesus. As seguintes são passagens dele e outros escritores na igreja primitiva sobre mais do 100 temas diferentes. http://www.aigrejaprimitiva.com/dicionario/dicionario.html

    Comentário por igreja primitiva | 24/05/2010 | Resposta


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Seguir

Obtenha todo post novo entregue na sua caixa de entrada.

%d blogueiros gostam disto: